ECOCATARATAS AUMENTA EM 30% VALOR DE PEDÁGIOS EM PRAÇAS NA BR-277

 


A partir desta sexta-feira (18), os valores do pedágio na Concessionária Ecocataratas serão aumentados em 30%, no trecho de 387 km da BR-277, entre Guarapuava e Foz do Iguaçu. 

Isso porque os valores haviam sido reduzidos em 1º de outubro de 2019, em consequência de um acordo de leniência, nos pedágios em São Miguel do Iguaçu, Céu Azul, Cascavel, Laranjeiras do Sul e Candói.

Nesse sentido, a empresa Ecocataratas informou que formalizou o acordo com o Ministério Público Federal no Paraná, no âmbito da operação Lava Jato, no qual admitiu que foram cometidos atos de corrupção pela concessionária e, por esse motivo, formalmente pede desculpas.

A concessionária que administra a rodovia da BR 277, entre Guarapuava e Foz do Iguaçu, e as tarifas cobradas nas cinco praças administradas pela Ecocataratas ficarão 30% mais caras a partir desta sexta-feira (18). Segundo a empresa, o reajuste se deve ao cumprimento do acordo de leniência firmado com o Ministério Público Federal (MPF) no ano passado. Os usuários não aprovam o aumento. 

Para automóveis de passeio, sem carreta o reboque, o valor passará de R$ 9,80 para R$ 14,00 nas praças de Cascavel, Laranjeiras do Sul e Candói. Em Céu Azul de R$ 9,00 para R$ 12,90 e em São Miguel do Iguaçu de R$ 11,90 para R$ 17,00. Para as motos o novo valor será de R$ 7,00 em Cascavel, Laranjeiras e Candói, R$ 6,50 em Céu Azul e R$ 8,50 em São Miguel do Iguaçú. 

Para ônibus três eixos, será cobrado 42,00 nas praças de Cascavel, Laranjeiras e Candói, 38,70 em Céu Azul e 51,00 em São Miguel. Caminhões três eixos vão passar a pagar 35,40 em Cascavel, Laranjeiras e Candói, 34,20 em Céu Azul e 45,30 em São Miguel. O novo valor foi calculado sobre a tarifa antiga, ou seja, taxa que era cobrada antes do acordo de leniência. Desde 1° de outubro de 2019, a concessionária reduziu os valores como forma de compensar o prejuízo causado aos usuários pelo pagamento de propinas. Placas foram colocadas antes das praças pedindo desculpas aos paranaenses. A empresa afirma que está prestes a atingir R$ 120 milhões em compensação tarifária em benefício dos usuários da rodovia. Ainda confirmou que os novos valores passam a valer a partir de 00h de sexta-feira. 

ENTRE EM NOSSOS GRUPO DO WHATSAPP E ACOMPANHE EM PRIMEIRA MÃO

Fonte: CATVE


Publicidade: