Auxílio Emergencial pode voltar para R$ 600 nas próximas parcelas


Foto de: internet 

A Caixa Econômica Federal iniciou os pagamentos do auxílio emergencial 2021 na terça-feira (6), de lá pra cá os nascidos em janeiro, fevereiro, março e abril já tiveram acesso à primeira parcela do benefício com valores entre R$ 150, R$ 250 e R$ 375.

No entanto, às próximas parcelas pagas pela Caixa podem contar com novos valores, o fato acontece devido a uma discussão que chegou ao Supremo Tribunal Federal (STF) para que seja possível reavaliar o valor do auxílio emergencial deste ano.

Continue a leitura depois do anuncio.

O ministro Marco Aurélio Mello, decano do STF, solicitou que o plenário da Corte possa avaliar uma ação instaurada pelo partido PCdoB relativo à redução dos valores pagos pelo governo em relação ao auxílio emergencial. Para o PCdoB existem ainda muitos questionamentos a serem realizados sobre a emenda que fixou limite de R$ 44 bilhões destinados ao custeio da nova rodada de pagamentos do benefício este ano.

Outra cobrança do partido está relacionada ao montante pago pelo auxílio este ano, que atualmente paga valores entre R$ 150, 250 e R$ 375 aos seus beneficiários, solicitando ainda que os valores pagos pelo benefício sejam integralizados ao mesmo valor do ano passado, ou seja, R$ 600.

Agora o partido aguarda a manifestação do Advogado Geral da União André Mendonça e do também Procurador-Geral da República, Augusto Aras, para que em seguida o STF possa discutir o tema solicitado pelo ministro, o que ainda não há nenhuma previsão de acontecer. 

Fonte: Agência Brasil