Acusado de morte de casal em Goioerê é encontrado morto na cadeia



Foto de: Arquivo pessoal

Um dos acusados de participar da morte do casal Kawane Cleve e Rubens Biguetti Junior, em Goioerê, região Centro-Oeste do Paraná, foi encontrado morto na noite de quinta-feira (6), na Penitenciária Estadual de Cruzeiro do Oeste, onde estava preso aguardando julgamento.

Continue a leitura depois do anuncio.

As causas da morte do acusado não foram informadas. Há pouco tempo, ele havia sofrido um AVC (acidente vascular cerebral) e seu estado de saúde era considerado delicado.

O crime que vitimou Kawane e Rubens ocorreu em agosto de 2020, mas até hoje os corpos das vítimas não foram localizados. Quatro pessoas foram denunciadas à Justiça por homicídio duplamente qualificado - por motivo torpe e de maneira que dificultou a defesa das vítimas - e também por ocultação de cadáver.

O crime veio à tona após o desaparecimento do filho do casal, na época com 4 meses de vida. A criança foi abandonada em frente a uma residência em Goioerê. No dia seguinte, o carro do casal foi encontrado incendiado em uma estrada rural em Moreira Sales. O paradeiro dos corpos das vítimas, no entanto, até hoje é um mistério para a polícia.

Para o Ministério Público, duplo homicídio teve motivação torpe, pois os acusados presumiam que as vítimas haviam delatado o tráfico de drogas que ocorria na casa de uma das acusadas, vizinha do casal. O envolvimento dos quatro acusados ficou evidenciado por conta de diálogos encontrados nos aparelhos celulares.

Fonte: GoioNews


Envie sugestões de Pautas ou Fotos, e acompanhe as notícias em primeira mão.
Entre no nosso grupo do WhatsApp: Clicando Aqui