Nota rara de R$ 50 pode valer até R$ 3 MIL; saiba se você tem o modelo



Além de servirem como a mais simples e direta forma do poder de compra, cédulas e moedas ajudam a contar a história dos países. Por isso, alguns exemplares passaram a ser cobiçados por colecionadores. No Brasil, existe uma nota rara de R$ 50 que pode valer até R$ 3 mil. Saiba os detalhes dela.

Continue a leitura depois do anuncio.

Lembrando que o valor de R$ 3 mil é uma estimativa. A cédula pode valer um pouco mais ou um pouco menos, dependendo do comprador que estiver interessado e também do estado de conservação.

Na década de 1990, o atualmente denominado de Ministério da Economia, se chamava Ministério da Fazenda, sendo o chefe da pasta um dos responsáveis por assinar as cédulas das notas. Além dele, o presidente do Banco Central também possui sua rubrica.

Entretanto, quando o real ainda estava no começo, houve algumas trocas de presidentes do Banco Central. Em 1995, Pérsio Arida presidiu o BC entre janeiro e junho, um tempo curto. Por conta disso, as notas que ele assinou passaram a valer muito dinheiro.

De todas elas, a mais rara é a de R$ 50, que só contou com 400 mil impressões. Como muitas delas já se desgastaram com o tempo e foram sendo substituídas, ela passou a ser considerada uma raridade, valendo até R$ 3 mil nas mãos de colecionadores.

Fonte: AconteceuEmToledo 



Envie sugestões de Pautas ou Fotos, e acompanhe as notícias em primeira mão.
Entre no nosso grupo do WhatsApp: Clicando Aqui