Desemprego, alta nos preços dos produtos e queda na renda fazem com que mais pessoas dependam de cestas para sobreviver

Gleidson


Mais de 33 milhões de brasileiros passam fome, de acordo com dados divulgados pela Penssan (Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional). O impacto da perda de renda e do desemprego pode ser sentido de forma mais intensa  nas comunidades do país. As doações despencaram, e cada vez mais famílias buscam por uma cesta básica.

Continue a leitura depois do anuncio.

Apenas quatro em cada dez lares conseguem ter acesso à alimentação. Em dois anos de pandemia, 14 milhões de pessoas entraram para o grupo que sofre com a fome e se somaram aos 19 milhões já existentes.

Fonte: AconteceuEmToledo 



Envie sugestões de Pautas ou Fotos, e acompanhe as notícias em primeira mão.
Entre no nosso grupo do WhatsApp: Clicando Aqui
close