Homem é esfaqueado após tentar impedir que médica matasse ex-marido em posto de saúde

Gleidson


Um homem foi esfaqueado após tentar impedir que uma médica matasse o ex-marido, que também é médico, em um posto de saúde, em Palotina, na terça-feira (19).

Continue a leitura depois do anuncio.

De acordo com a Polícia Civil e também com a assessoria do município, a suspeita foi ao local levar o filho de dois anos para ficar com o ex-marido. Na unidade, ela foi em direção ao homem com uma faca.

Na tentativa de salvar o homem, o motorista do posto de saúde tentou separar a briga e acabou sendo esfaqueado na barriga. Depois do crime, ela fugiu e ainda não foi localizada.

O motorista está no hospital, mas não corre o risco de morte.

Conforme a polícia, a briga entre os médicos começou após ela flagrar o marido com um garoto de programa na casa deles.

Em um momento de fúria, ela tentou matar os dois a tiros, mas não acertou em ninguém. Nessa ocorrência, a mulher chegou a ser presa em flagrante, ficou alguns dias detida e foi solta com o uso de tornozeleira eletrônica.

O que diz a secretaria
A Secretaria de Saúde de Palotina informou, por meio de nota, que está colaborando com as investigações e dando todo suporte à equipe e aos envolvidos.

"Houve um episódio trágico de possível tentativa de homicídio nas imediações do Posto Central. A possível autora não pertence ao quadro de servidores, mas durante a confusão, um servidor municipal foi ferido. Foi atendido prontamente e encontra-se hospitalizado".

Fonte: Oeste Notícias 



Envie sugestões de Pautas ou Fotos, e acompanhe as notícias em primeira mão.
Entre no nosso grupo do WhatsApp: Clicando Aqui
close