Toledo: Gestante descobre na última semana de gravidez que o sexo do bebê não é o divulgado pelo médico

Gleidson


Uma gestante de 30 anos está passando por uma situação um tanto quanto inusitada, além de ser totalmente preocupante. 

Continue a leitura depois do anuncio.

Greice Patricia descobriu a gravidez 7 meses atrás e, de lá pra cá vem realizando todos o procedimentos de pré Natal. 

A gestante realizou todos os exames e fez as ultrassons, sempre que pedido pelo médico que a acompanhava. 

Logo quando foi descoberto o sexo do bebê, um menino, começou todos os preparativos para a chegada da criança. 

Foi comprado roupas, enxovais e itens para o bebê... 

Cerca de 2 meses atrás, a gestante acabou caindo e foi socorrida por uma equipe dos bombeiros realizaram o atendimento e a encaminhou para o Hospital Bom Jesus, para realizar novos exames onde seria possível ver se o bebê estava bem, foi aí que começou toda uma confusão após um possível erro profissional ou do equipamento de ultrassom. 

Acontece que o bebê, que até então imaginava-se ser um menino e já tinha até um nome definido, já não era mais menino segundo o médico que a atendeu. 

Segundo o profissional, era 100% certeza que o bebê era do sexo feminino. 

Começou então uma grande correria. Além da frustração por ter decidido com muito amor o nome da criança e então ter que trocar, ainda foi necessário se desfazer de tudo que havia sido comprado e adquirir outras, já que foi provado não ser um menino. 

A gestante então começou a comprar tudo de novo, dessa vez para o sexo feminino, escolheu outro nome para o bebê e novamente fez os preparativos para o tão esperado dia! 

Hoje (12), faltando apenas 1 semana para o nascimento do bebê, foi realizado mais uma ultrassom pra checar a saúde do bebê. 

E o menos esperado aconteceu. Segundo os exames e ultrassom, foi constatado que não é menina, mas sim um menino. 

Faltando apenas 1 semana para o nascimento, a mãe encontra-se frustrada com o erro que tornou toda uma gravidez que deveria ser tranquila, uma gravidez estressante. 

Nossa equipe agora vai apurar o caso junto ao Hospital Bom Jesus e acompanhar o desdobramento dessa grande confusão. 

Quem puder ajudar com doações de itens de bebê do sexo masculino, deixo aqui o contato da gestante. 


Fonte: AconteceuEmToledo 



Envie sugestões de Pautas ou Fotos, e acompanhe as notícias em primeira mão.
Entre no nosso grupo do WhatsApp: Clicando Aqui
close